quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Querida Querubim-Colagem

Collage-M.Paumarch-www.llibertatatrebill.blogspot.com

Combinar o trabalho diário com o agito que ferve,largos desejos e limitada capacidade de realizá-los,compromisso e liberdade,fazer e ócio,entusiasmo e tédio,construir e desconstruir,liberdade em segurança.O amor confuso entre entrega e defesa,confiança e dúvida,lucidez e loucura,perguntas e respostas,valor.Penso demais ,amo demais,crio demais em meu over mundo.
Canso.Canso demais.Como se sempre fosse o último dia de Carnaval.É a vida que amo tanto.Este viver que me esgota.Cumpro as obrigações e sei que com alto custo,a medida do meu preço.Sou cara porque sei o valor do ócio,do tempo aéreo da inspiração,da energia gasta para ficar no mundo da lua.Reservo para o meu desfrute as madrugadas depois pago o preço das manhãs esticadas em sono culpado,a pressa para zerar as contas.
O cansaço da ciranda de desejos.Entendo Buda só não consigo alcançá-lo.
Sou racional,base do comportamento que me distingue como exemplar.E louca...de lírico otimismo e espontaneidade ,me movo com a energia de que tudo dá certo ao fim.Vou sem planos,acesa com o desejo de sucesso em busca do efeito pretendido.Sucesso que tem a ver com o
destino sem controle a favor da novidade e encantamento.Sucesso que tem a ver com tesão.Tesão de ver o resultado bem ao gosto de minhas férteis exigências.É este processo que pago com os meus tostões,meu dinheirinho dos alfinetes,meu investimento pessoal na caixinha da Dona Baratinha.É na sinceridade do instante transbordante em vibrações insanas e coerentes
que seduzo e contagio como consequencia da ação palpitante.Que delícia quando percebo e sinto que muitos querem "palpitar" comigo,compartilhar desta orgia do fruir sensível do intelecto,da sensualidade do prazer satisfeito.Neste instante somos,eu e você,sem medidas,só somos.Nada importa,acontece a intimidade do dar-se.Eu com esta veloz e transparente escrita,você com seus olhos ávidos de algo que lhe tangencie a alma.Palavras ventiladas,entre nós passa o vento e sem culpa dançamos nus pelas pautas da tela.
E vou me fazendo assim.Nem sei como pode.Enquanto minha nuca se dobra a outras versões estáticas do viver,flexível a ouvir,fingir que sou loira e não penso,opinar só quando solicitada mesmo que nunca,submetida com a cabeça oscilante no ponteiro do sim, muito obrigada digo ,mesmo na degustação de sapos.A sobrevivência faz-se assim,hipócrita.E lamento na frágil voz de querubim,inaudível ,sumida ante a expressão ruidosa que enlouquece o mundo.
E daí escrevo,palavras que saem à luz,antes soterradas entre o coração e os pulmões,escoradas nas vértebras heróicas e cansadas.Minha coluna convicta,rígida,inflexível aos embates que ferem a minha natureza profunda não se verga aos discursos que pretendem influenciar o tom da minha interpretação da vida.Escrevo o que meus pais diriam para guardar só para mim ,educada a preservar a "moral e os bons costumes",menina de boa família,filha de gente honesta .Resulto
dos que estudam,trabalham ,são do bem e constroem o país.E escrevo.E pinto.E bordo.E decoro casas.E leio a vida com olhos iluminados.
A semente generosa que brota de mim agora é amor lúcido que purifica e arrebata porque somos acima de tudo semelhantes,loucos para amar sem medo,sem reservas,alertas para não perder o desfrute do paraíso neste planeta Terra.
A linguagem de fragmentos é honesta,fraturada pelas dores,contudo leve,sobre humana.Voz que teima em não se esconder.Afinal o mundo este outro mundo que não o meu,talvez nosso,é indiferente às histórias de amor.E,aos moralistas intolerantes,presume-se que eu escrevo ficção,invento ondas,me obscureço em fantasias de sexo e libertinagem.Deixa pensar.Deixa passar.Todo santo dia percebo um brilho novo em mim ,liberta do jogo das aparências,cada vez mais,o figurino é a nudez transformista em virtude do tempo que passa e altera formas,espaços,tudo.
Este mundo que escorre em tintas dos jornais matinais se revela em ruínas ,falido.Alguns,muitos entre todos,se acham importantes em sua funções de tráfico de influências,drogas,mentiras.
A bomba da ganância e presunção em estardalhaço mortal enquanto a festa continua destemida,energética ,apressada em direção ao derradeiro fim.Fim de um sistema que se invalida pelo astronômico crescimento do plástico,do assombro em dinheiro virtual -será que existe o lastro,o ouro alquímico?
Apaga a luz!-quero brincar de escuro.
Quero a vida larga.Sair ilesa e perfumada desta delirante violência que aturde a perplexa existência neste pujante caos de seres dilacerados,infiéis com sua própria natureza.
O intenso cotidiano transborda no show da artilharia periférica.Besouros despencam do céu.No poder ninguém mais rói as unhas de aflição nem cora de vergonha..
Eu não sou de lá mas este lá me atropela dentro da minha casa com o som alto que chega das ruas,com homens encapuzados invadindo redutos de famílias.O que vejo e me atropela a toda hora são os meninos doentes em malabares prostituídos entre o vermelho e o verde dos faróis,a bacia de lata furada,as feridas dos usuários de craque alucinados a cada esquina.Não é só o que vejo na TV,nos jornais,nos filmes.Estou ali,neste lá que com força arromba a minha porta.Ocupa a minha casa com o medo.A luz dura do medo corta e desintegra o olhar terno e deslumbrado ao pé de maravilha que enfeita meu quintal.E vem a chuva enchente e alaga os noticiários e vejo fogo,fumaça saindo das águas esgotadas em imundícies.O vírus no sujo,urubus no lixão,pessoas encardidas com o corpo espumando azedo e urina.
Pedra fundamental desfez-se em pó .E lama.
Movente entre fragmentos capto o universo milionário de Dita Van Teers piscando luzes do corpo maravilhoso de mulher atmosfera,cintilante,viva em seu significado de deusa deslumbrante,tratada a ouro,artifícios plásticos,e estudada sedução montada no glamour de um fantasioso e nostalgico universo hollywoodiano.Estrela visível em frestas de seda,atiça homens e mulheres ainda vivos,acordados na surpresa de um belo nu.
E tudo corre bem...há água jorrando das fontes e rio limpo banhando Londres e Paris.
Tudo ,tudo é exagero e desproporção.
Apago a luz do abajur.
Longe da faixa de Gaza,do verso inverso de Dubai,dos abutres gordos que se banqueteiam com as crianças da Etiópia,da fumaça dispersa das florestas e cerrados do Brasil.
Desligo...



(
Querido leitor,

Se você acompanha este blog na fala da Querida Querubim e entender que é legal fazer o link com o seu eu lhe agradeço.
Cris )





57 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sem fôlego, Querida Querubim!
Magnífica desconstrução!
Faço o link já!
Vc gostará do que tenho hoje, se quiser, Bela
Às Flores Interrompidas para todos
Beijos obrigada bons e melhores dias sempre

Livinha disse...

"Sucesso que tem a ver com tesão."

Minha querida, o prazer de se dar, de doar, de buscar e trocar em tão lindo recanto, isto é tesão de fato e a gente linka sim eu eu já te linkei faz tempo... muito bom navegar contigo...

Beijos meus

C NARCISO disse...

Olá Grande Poetisa!
Que posso dizer?...
...Lindo!!!
Até mais...

Estela disse...

"Penso demais, amo demais, crio demais em meu over mundo."

Você já está linkada no meu blog e no meu coração.

Bjs.

Cultura Malcriada - disse...

E aí Cris!!!
Cheio de vida e de força o seu texto... sem dúvida, um exemplo pra muita gente!
Bjão!

kira disse...

UM BELO TEXTO (UM BELO POEMA) COM GARRA, FORÇA, VIDA. É BOM LER ESTE BLOG.
OS POLÍTICOS UM DIA LHE DIRÃO: ANTES DE LER UM TEXTO SEU PUXAREI DA PISTOLA PRIMEIRO. VOCÊ É UM ENCANTO DE VIDA.
QUE FELICIDADE A MINHA SER SEU FÂ.
beijo
kira

Paulo Tamburro disse...

Morro de inveja destes seus textos impecáveis, profissionais,corretíssimos.

Um dia chego, lá e este postado hoje é , como diriam os antigos :Supimpa! (rs)

Um abração!

VANUZA PANTALEÃO disse...

Cris, menina linda de Tatuí!
Primeiro quero dizer que te amo. Acho que já posso. Acho que todos deveríamos dizer isso a todos que atravessassem nosso caminho, mas sempre deixamos para depois, depois e...
Comentar essa beleza que se situa entre o inconsciente coletivo e a Faixa de Gaza e os véus das Mil e Uma Noites? Não sou tão louca.
Teu cãozinho, ame-o porque ele jamais a deixará sem amor, sem lambidas.
Voltarei a fazer os links em breve, você virá junto. Ah, se virá!
Te adoro!!!

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Cristina,

Mas que trama efervescente...

Confesso que fiquei sem fôlego, mas, como sempre, o texto é digno de admiração. Gosto muito de suas escritas.

Beijos e obrigada por ir tomar um café comigo,
Ana Lúcia.

Mirse Maria disse...

Olá Cristina!

Há tempos estou para voltar mas essas fases da vida que nos atropelam , me impediram.

Adorei o texto e percorri como se eu própria estivesse nesse seu universo.

E estou, estamos todos envolvidos.

Parabéns, amiga!

Beijos

Mirse!

Barbara disse...

Querida escritora:
Não sei fazer link.
Mas ouro alquímico existe sim. É transformar o chumbo da personalidade (persona, máscara) no ouro do espírito (verdade) - o que se consegue através dos méritos do coração - ou seja -méritos embutidos em tudo que acabei de ler aqui.
Alquimista você é.

Léo Metallica disse...

Magnífico o Blog Ad Tempus Fugit.

Oh... Depois eu comento com calma sobre a Querubim, que... cansou-me.

Beijos.

Léo Metallica disse...

Não sou propagandista. E ainda não sentí necessidade de divulgar estes escritos. Talvez mais para a frente. Desculpe-me a sinceridade.

Confesso que vinha me entediando com a Querida Querubim. As repetições de sensações e exageros da Querubim vinham já de longe.

Aceite a crítica, por favor.

Mais hoje eu ví um texto bem complexo e carregado. Eu diria que nesta colagem que tu fez, daria claramente para separar em uns 5 textos de conteúdos diferentes. Fez-se uma mescla de assuntos, juntou tudo no liquidificador. Texto bem complicado, juntou as críticas, insatisfação com os meios, vontades próprias e complexidades do mundo feminino.

Direto do Rio.
Beijos.

Mário Lopes disse...

Não vir aqui, ao seu cantinho, seria de uma indelicadeza, no mínimo, grosseira. E já seria a segunda vez. Quero deixar marcas da minha passagem, quanto mais não seja porque ao ler este seu manifesto, se expôs, declarando os seus princípios abertamente. E foi lindo de ver o que lhe vai na alma! E foi reconfortante aguardar pelas palavras que nos enviou pelo rio do seu pensamento e recolhê-las, assim, nuas e puras na verdade que proclamam.
Beijo sensibilizado.

Tais Luso de Carvalho disse...

Querida Cristina: que apanhado, minha amiga! Li num fôlego só, escreves lindo, com um ritmo que nos empurra para o grande final. Esse é o mundinho hipócrita e vergonhoso em que vivemos. Nada a acrescentar, nada a tirar. É a verdade nua e crua dita por quem observa e por quem sabe que nada mudará. E assim continuará a vida... uma caixa de surpresas, ora imunda, ora com certa generosidade daqueles que gostariam de viver num mundo melhor, mas nada mais.

Beijos e meu carinho.
Tais luso

Marcelo Novaes disse...

Cris,



Caudalosa em sua escrita.
E um Buda cego morando em
sua barriga.




Beijos, querubim.






Marcelo.

Chris disse...

Palavras imensas e cheias de profundidades...
Um beijo grande
Chris

cirandeira disse...

Muito bom o teu texto, Cris. A verdade nua e crua, doa a quem doer! E como dói! Os hipócritas e preconceituosos não gostam que saibam que eles o são. Vivem num mundo falso e querem ainda receber loas! "Mas é preciso ter força, é preciso ter raça, é preciso ter gana. SEMPRE."
Bjs

Rafael Castellar das Neves disse...

Muito bom!! Todo o blog...já comecei a gostar na descrição!

[]'s

Gian Fabra disse...

Oi Cristina...
ufa! nao consegi parar de ler um segundo, e lá pelo meio já nao sabia se era vc ou eu... rsrs

menina, q intensidade!

q delicia esse 'muito em comum' né?
vou te linkar lá no Dança
bjs

sueli aduan disse...

Ô Cris,não conhecia essa maravilha,"Querubim" e posso dizer que fiquei deslumbrada e com um sorriso ,daqueles, delicioso pensei:
_ "Quanta sensibilidade"
Parabénsssssssssssssssss.
bjus

Fernando Santos (Chana) disse...

Oi Cris, texto espectacular....
Beijos

Lau Milesi disse...

"Over and over"!! Adorei!!!

Beijosss

A fada das agulhas disse...

Oi Querida,
Seu texto está maravilhoso!
Delícia!!!
Mil beijinhosss
Simone

Anônimo disse...

MUY BELO, LINDÍSSIMO,INDEPENDIENCIA
TOTALE DE SUS ANTIGOS ESCRITOS,VOLVERA TENER LA GANA DE GUERRERA DE OTROS TIEMPOS??? LINKADO SIEMPRE EN TI.

HASTA LA VISTA !!!
BJS.CON CARINHO.

EVELIZE SALGADO disse...

Simplesmente VIDA!!!!!! E vida fantástica, verdadeira!!!! Alma desnuda...
Bjs
Amor e Luz!!!!!

Batom e poesias disse...

"Escrevo o que meus pais diriam para guardar só para mim ,educada a preservar a "moral e os bons costumes",menina de boa família,filha de gente honesta"

Seus textos sempre foram mesmo corajosos e irresponsáveis no sentido ÓTIMO da palavra.

Grande viagem dentro de si...
Adorei viajar junto, porque me identifico tanto.

Adoro!
bjs
Rossana

Carlos Eduardo Leal disse...

Cris,
Enquanto lia me vinha a mente o quadro Guernica de Pablo Picasso. Você escreve através de imagens, você nos transporta para dentro das nossas faixas de Gaza e nos absolve do que há de pior em nós.
Bjs emocionados,
Carlos Eduardo

Bruna Maéli disse...

Sem palavras, Cris. É tudo tão real, tão verdade, tão ousado. São poucos os escritores que conseguem transmitir para seus textos tão bem assim os sentimentos. Parabéns.
Já sou sua fã.
Bjks

Mónica López Bordón disse...

Querida Cristina,

siempre es un placer visitarte.

un beso muy grande
Mónica

Isabella disse...

Olá, Cris, Ameeei sua visitinha em meu blog! Apareça mais vezes por lá!
Uma ótima semana,
Isabella ;**
www.talkisabella.blogspot.com

Marcos Dhotta disse...

Já te disse uma vez que você é um perigo! Me engasguei na metade do texto...E fui engolindo à seco o restante! Gente! Essa mulher não pode ficar solta por aí assim nãããão! A Cris é LITERALMENTE PERIGOSA E CONTAGIANTE! Eu te amo por tudo que me fazes sentir por aqui. Ai,ai...

Luis F disse...

Regressei ao seu mundo para apreciar e mergulhar nas suas palavras e nos seus belos escritos.

Parabens... como é bom sentir o que por aqui deixas e partilhas.

Bjs
Luis

Lu_Russa disse...

Querida Querubim !!

que delícia entrar e aqui e ouvir a música Blue Moon de supresa !! amei.

bjos e bom final de semana.

LuRussa

Navegante Del Alma disse...

Somos, vos y yo somos... Me encanta el fluir de tus palabras y la manera de expresar los pensamientos. Es ágil y comprometido tu discurso.
Es lindo pasar por aquí para leerte.
Besito.

Fred Matos disse...

Ótimos, texto e colagem.
Bom fim de semana.
Beijos

Gian Fabra disse...

"quero brincar de escuro"

seu texto é a linha tênue entre a dor e a excitação.

muito bom
bjs

Oliver Pickwick disse...

Você é a típica mulher Carpe Diem. Desfaz-se, mas faz-se. E, como sempre, os seus textos são escritos com tinta a base de sangue de dragão.
Um beijo!

P.S.: Ando meio sumido mesmo. Até o condado está mais ou menos entregue às traças. O final do ano para nós, da construção civil, é muito sobrecarregado.

Ira Buscacio disse...

Cris, que loucura!
Quantas vzs me vi refletida em seu espelho, nas palavras de paixão e rasgadas. Acho que somos da msma linhagem de loiras rsrs
Gosto demais de tudo por aqui!
Bjão e bom fds.

Ne me quitte pas!!!!!!! Demais, uau!

Renata disse...

Uau, Cristina!

É muiuto a dizer, a viver, a partilhar, a amar - muito, muito. E é sem fim.

Beijo, e obrigada por sua presença bem-vinda.

dade amorim disse...

Querida Cristina Querubim, cheia de vida e de graça, gostei daqui.
Gostei também de ver sua presença em O bem, o mal e a coluna do meio. Pelo jeito, você está presente em todas as colunas ;)

Beijo!

Graça Pires disse...

Obrigada pela visita e pelas palavras deixadas no meu "Ortografia". Voltarei aqui.
Beijos.

Genny Xavier disse...

Minha cara Cristina,
Seu texto nos remete à degustação mais significativa das palavras; nos remete ao olhar crítico e ao intimismo da verve do artista. Sensibilidade e razão se pesam na mesma medida para que nos questione a vida. Parabéns.
Agradeço, ainda sua visita em meu blog. Retorne sempre.
Beijos.
Genny Xavier

Graça Pereira disse...

Gostei de ler-te neste rendilhado maravilhoso de palavras. Parabens.
Um beijo e uma boa semana
graça

▒▓█► JOTA ◄█▓▒ disse...

ººº
Passei pra deixar um cheirinho e um beijinho grande

Isabella disse...

Olá, Cris! Como vai? Passei por aqui para te desejar uma ótima semana! Ah, a minha prima criou um blog e ficaria honrada em te-la como visitante. O endereço é www.anacarolinavieira.blogspot.com
Bjinhos ;**
Isabella
www.talkisabella.blogspot.com

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Cris, Querida Querubim!
Passando para lhe deixar aquele beijo cheio de Amor!
Amo você, Bela!
Obrigada
Bom dia

Noslen ed azuos disse...

Mesmo ausente em comentários, sempre venho aqui apreciar sua luz, 'é vc me parece uma mulher de luz e cores', é sempre uma boa experiência ler seus artigos torrenciais.

bjs
ns

▒▓█► JOTA ◄█▓▒ disse...

PASSEI P'RA DESEJAR UM...


.. bom f-d-s!!!

Ira Buscacio disse...

Cris,
Tem um convite pra vc, lá no blog. Da uma olhadinha!
Bjão

♥..♥ Coração Valente ♥..♥ disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Sonia Schmorantz disse...

Natal...
É o mês de confraternização Agradecimento pela vida
Bênçãos ao filho de DEUS
União, amor, reflexão!

Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
harmonia, fraternidade
Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
Que ao som dos sinos
O amor exploda em toda direção!

FELIZ NATAL!
UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

Cristiana Fonseca disse...

Olá Cristina,
quanto a escrita eu digo sempre e já estou sendo repetitiva. Escrita simplesmente divina.
Cris, venho tb lhe desejar Feliz Natal e Boas Festas.
Beijos,
Cris

cirandeira disse...

Oi Cris, passei para desejar-te BOAS FESTAS e um 2010 com muita força, muita garra e muita ALEGRIA!

Beijos

黃立行Stanley disse...

cool!i love it!AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色

Anônimo disse...

CRISTINA SIQUEIRA QUER QUEIRA QUER NÃO VC. ME DERRETE CADA VEZ MAIS , FICO MOLINHA AO LER SEUS DEVANEIOS LIIINNNDOS, BRAVA MULHER TATUIANA.
ABRAÇÃO CRIS TERESA.

Anônimo disse...

CRISTINA SIQUEIRA QUER QUEIRA QUER NÃO VC. ME DERRETE CADA VEZ MAIS , FICO MOLINHA AO LER SEUS DEVANEIOS LIIINNNDOS, BRAVA MULHER TATUIANA.
ABRAÇÃO CRIS TERESA.