sexta-feira, 18 de junho de 2010

Adeus Saramago-Fotos de Zélia Gatai/Arquivo da Casa de Jorge Amado




“Os homens são anjos nascidos sem asas

é o que há de mais bonito no mundo;

nascer sem asas e fazê-las crescer”

[ José Saramago]

E neste momento o que prevalece é a forte presença, dimensão viva em luz e sombra , efeitos contrastantes entre a matéria que se reduz a pó e as palavras que se ampliam em sentido imortal impregnadas de películas flutuantes,véus diáfanos,tecidos encorpados,água ,ar ,terra, azul incandescente.Fogo fátuo.Metal.

Li a Caverna em Trancoso,no verão ,com tempo para me aproximar de sua fala e por ela ser conduzida aprendendo a olhar de perto

o tempo do êrmo,os detalhes ínfimos da monotonia.O ir ,o depois descrito em suas aptidões mágicas.O sofrimento.Vida crua.

Saudade ,como se fosse íntima ,e sou íntima , por ele fui tocada,margeada em signos ,seduzida pelo seu estilo.Encantada.

Gênio,um astro da literatura portuguesa ,não pertence mesmo a este mundo seu repouso é feito de céu.



15 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

O mundo literário ficou mais pobre.
Bjs

Elis Barbosa disse...

Ah Cristina, manda um beijo meu pra ele!

Elis Barbosa

Em@ disse...

Obrigada, por homenageá-lo assim.
abraço

Renato disse...

BELA HOMENAGEM!
BJO>

Flavio Ferrari disse...

De anjo não tenho nada ... minas asas que lá cairam, aqui não cresceram ... o inferno só não me aguarda porque não carrego culpas.
Mas creio que ainda vou reencontrar o Saramago ...

Estela disse...

Bonita homenagem...
Adeus Saramago.
Bjs.

Osvaldo disse...

Cristina;

O mundo literário perdeu um grande dramaturgo,... mas a humanidade apenas perdeu mais um homem que apenas sabia escrever (?)...
Paz à sua alma.

bjs.
Osvaldo

Fernando Santos (Chana) disse...

Bela Homenagem Espectacular....
Saramago ficará sempre entre nós, no nosso pensamento, no nosso coração....
Beijo

b disse...

Para mim ele ficou absoluto através de uma passagem no livro "O Evangelho Segundo Jesus Cristo" - onde estão ,Deus, o Cristo Jesus e o Diabo conversando em uma barca distante de todos.
Como disse ontem Chico Buarque, Saramago foi um guardião - de tanta coisa...

Marcelo Novaes disse...

Cris,


É tranquila a passagem de quem cumpre a sua tarefa.





Bonito texto!





Um beijo.

lino disse...

Um grande Homem.
Beijo

Batom e poesias disse...

Ele tinha tinta encantada em sua caneta.
Lá se vai mais um que teceu as próprias asas com maestria.

Saudades, Cris.
bj

Rossana

VANUZA PANTALEÃO disse...

Bom dia, Cris!
É verdade, Saramago é um Anjo e Mago que até no nome trazia.
Bebi um pouco da sua Sabedoria, descobri nele o que andei buscando em vão em tantos outros.
Enfim, você disse melhor que qualquer um de nós...
Obrigada, querida, pelo seu carinho tão presente e autêntico.
Afeto do fundo do coração!!!

nydia bonetti disse...

Não tinha visto estas fotos e este texto, Cristina. Que lindos. Quantas asas fez crescer este homem. Quantos vôos... Que missão bonita - Impulsionar o vôo de quem nasceu sem asas... Beijo, querida.

Anônimo disse...

Lendo sua homenagem tardiamente me remeteu a ler Caim - estava na estante a minha espera. Adoro perdas que não morrem jamais.Obrigada por deixar meu domingo mais rico. Téra.