terça-feira, 26 de maio de 2009

Querida Querubim-...desejo voyer do meu amante...



Y porque amor no es aureola
Ni candida morajela
Y por que somos pareja
Que sabe que no esta sola

Te quiero en mi paraíso,
es decir que en mi país
la gente viva feliz
aunque no tenga permiso



Trecho do poema Te Quiero-Mário Benedetti



Escrevo a viagem para aguçar o desejo voyer de meu amante.Sou a própria paisagem que se movimenta e o convida a ir comigo,tecer desejo e saudade,criar a viagem da viagem com os meus sentidos entregues ao dele,ir além das fotografias.Ser a voz ao telefone.Cruzar a vida mesmo à distância.Guardar o sentimento de ausência.Como é difícil explicar o que se passa em meu coração.-E por que explicar?

Este homem me toca,me faz querer estar junto.Gestos e atitudes que me levam longe,ele pensa em tudo,incentiva a minha escrita,me estimula a conquistar outros mundos,viajar disponível à vida.
É confortável sabê-lo à espera.Tenho sentimentos ambivalentes de razão e sensibilidade.Aceito esta intimidade fugaz,este retrato com nuances de nós,um casal ímpar.Guardo sentimentos não expressos,não os esqueço,ficam para mais tarde.Todas as palavras que não disse,tudo guardado até o momento que espalharei fotos e conversa pela cama,chegarei com todas as novidades.
E assim caminho atravessando continentes,cruzando fronteiras,me regalando com o sabor de cada terra,livre inclusive para amar outras pessoas e desfrutar da gula com que me lanço a aventuras.
Escrevo sem parar.Tudo é vivo,pauta de deslumbramento,êxtases solitários,reflexão,silêncio intimista,ais de prazer não compartilhados.Adoro a minha companhia,desmedida,excessiva em malabarismos estratégicos de sobrevivência e criatividade.Tenho fome de livros,livrarias, cinemas,teatros,praias,cafés,conversa sem tempo para terminar.A beleza me comove a grandeza de ter por tesouro os guardados do que vi,ouvi e me encantei.
Totalmente solta ao acaso dos dias,entregue a Providência,ao divino sol de cada dia.Sempre tem,frutas ,queijos,pães e vinho.O sapato de estilo,o guarda roupa de elegância despojada,a bagagem chique,as músicas que compoem a trilha da viagem,a coreografia dos passos na dança dos caminhos.É tão curta a vida ,deixo-me viver.Ele deixa-me viver e não me julga,por isso sei que me ama.Acontece às vezes de eu me ver de bobeira sentindo falta do ciúmes que ele não demonstra.Confiante,seguro da posição de ganhador,ele me deixa ir .E vou...
O capital de afeto transborda nesta dedicação de conhecer e conquistar pessoas. Atraio companhias interessantes,os amigos me hospedam em suas casas,servida com roteiros incríveis e gentilezas.Disposta a sustos,movida a fascínios,faço parte de um mundo que se faz novo a todo dia.Sou paixão,um fósforo aceso se consumindo em combustão natural.
Feliz quando saio,feliz quando retorno e chego nova ,louca de saudade do meu canto,da família,
dos amigos.Do meu quarto.
E êle a espera.

24 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Cristina, os desejos não precisam de explicação. A vida é um momento que deve ser vivido até a exaustão.
Um abração

cristinasiqueira disse...

Oi Waderley,

A Querida Querubim deve ter a lua em virgem ...e,muitas pessoas,mulheres mais, tendem a querer explicar o inexplicável,daí a poesia vem em socorro e lhes segreda ao ouvido o que vc colocou"os desejos não precisam de explicação".

Beijos,

Cris

Estela disse...

Querida Querubim, assim como você, também "A beleza me comove a grandeza de ter por tesouro os guardados do que vi,ouvi e me encantei."

Não me canso de ler esta Linda Querubim!
Bjs.

cristinasiqueira disse...

Oi Estela,

O incrível neste viver virtual dos blogs é o contato e conexão com os leitores e daí surgem afinidades,trocas,novos mundos.Fico feliz em sabê-la fiel leitora da Querida Querubim,é poético,gratificante.A ressonãncia de um coração que não bate só no Universo.

Com carinho,

Cris

Flavio Ferrari disse...

Está aí uma mulher que sabe viver ...

Cristiana Fonseca disse...

Querida Cristina,
quanto mais leio Querida Querubim, mais encantada me encontro.
Querida Querubim é divina.
Beijos,
Cris

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para meu projeto da minibiblioteca comunitária e outras atividades para crianças e adolescentes na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todas as pessoas de bom coração,pode doar de 5,00 a 20,00.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

O Profeta disse...

Tu és um encanto...


Doce beijo

Estela disse...

Olá Cristina,

"Os semelhantes se atraem. Quando irradiamos o que somos,com serenidade e transparência, quando só fazemos o que desejamos fazer, isto afasta automaticamente quem nada tem a aprender conosco e atrai, sim, quem tem algo a aprender e também algo a nos ensinar."(Richard Bach)

Acho que essas palavras resume tudo.
Bjs.

UIFPW08 disse...

Cristina, obrigado pela visita eu não sabia que você sabia que a Sicília, se você tiver sangue siciliano, então você tem a alegria no sangue, um forte beijo forte
Morris

Greice disse...

Oii!
Obrigada pelo visita! As bonequinhas são minha escolha predileta para desenho.

Seu blog, sempre um encanto!

Beijos

Batom e poesias disse...

"Totalmente solata ao acaso dos dias, entregue a Providência, ao divino sol de cada dia"."

Queria tanto saber viver assim, saboreando os dias e suas delícias, disposta a sustos e movida a fascínios...

Eu adoro seus escritos mulher! Eles também me comovem.

beijos
Rossana

Úrsula Avner disse...

Olá Cris, seu blog é muito simpático ! Obrigada por sua adorável visita e comentário. Vamos mantendo contato. Bjs com carinho.

VANUZA PANTALEÃO disse...

Cris, querida!
A intensidade desses textos mexem até com o nosso inconsciente...essa saudade de um canto, um quarto, uma família...demais, demais!

Um ótimo final de domingo, amiga!!!Bjsss

Marcos Dhotta disse...

...Acho que já te falei isso. Esse cantinho é um "abuso", um perigo aos menos desavisados. Textos que nos revira por dentro, atropela nossos pensamentos... Sei não! És uma ameaça aos mais sensíveis... Passando por cá, você já não é mais o mesmo meu bem. "...Feliz quando saio, feliz quando retorno..." Um beijo letárgigo - Pois é assim que saio hoje de cá... Num estado de letárgia profunda....

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

cuentosbrujos disse...

aunque tu idioma tiene una preciosa sonoridad, no alcanzo aun a entenderlo, pero me parecen bellas tus palabras, como bellas son las de mario benedetti
saludos

Liciane disse...

Muito lindo teu blog!! Obrigada pela visita, volte sempre! Bjss

Cavaleiro dos Dragões disse...

Adorei seu blog !
Obrigado pelo carinho e pela visita!
Um grande beijo!

Flavio Ferrari disse...

Alias, seu companheiro é um sábio ... seve ser mais velho.

Quanto aos textos do Arguta, eu os considero livres. Pode publicá-los onde quiser. Será uma honra. Se puder citar a fonte, melhor.
Bjs

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Cris, belo texto...Espectacular....
Beijos

Oliver Pickwick disse...

Delicioso log board. É como se escrevesse suas impressões viajando no Beagle, Nautilus, Demoiselle, e outros do gênero.
Quanto à Fezta, não se preocupe, no tempo certo, arautos das quatro direções o informarão acerca do evento. Garotas que amam Trancoso são bem vindas.
Um beijo!

AVC disse...

Aqui de Portugal um bem-haja.

Um bem-haja pela sensibilidade da Cristina, pela sua beleza, sensualidade, criatividade e fascínio. Há almas assim...

Alírio

Léo Metallica disse...

"Tudo é vivo,pauta de deslumbramento,êxtases solitários,reflexão,silêncio intimista,ais de prazer não compartilhados."

Sei bem o que são estes ais de prazer não compartilhado. Dói tanto quanto um beliscão na pele. Tal é o sentimento, tal é a força que o motiva.

E a Querida Querubim mostra-se uma vez mais sua humanidade, e nos faz cada vez mais pensar que a Querida Querubim não vive somente uma utopia escapista. Uma Querubim que ama e deixa ser amada.

Direto do Rio. No encalço da Querida Querubim.
Beijos.