segunda-feira, 29 de junho de 2009

Querida Querubim--Quanto custa?

Acordo pela manhã para ver de que azul esta o céu.Erra quem pensa que o amor acontece normalmente.A multiplicidade singular do amor,a espera da hora do espetáculo.A força serena de viver os sonhos.Ouço Santana,é..."e ver através dos seus olhos coisas que quero ver"...
o alento da minha oração/"não posso esquecer o sabor da sua boca".Lips,lábios,palavras lindas...
lips,lábios.Combativa para ser feliz patino a vida na superfície do gelo e danço,danço Santana.Tempo lindo,aspecto de paraíso é este estar assim mordendo a pêra madura,macia.sem medo da tentação.O ritmo que se me apodera,um tipo de frenesi,incrível magia do corpo que me faz sentir solta,linda,arteira.Anjo,seguro meu coração entre as mãos para ser suave,acreditar nesta loucura.A língua passa de leve para humedecer os lábios.O quadro de copos de leite.O acorde sujo,dissonante.Adoro voz de homem sussurrando no meu ouvido.Adoro ouvir.E dar o corpo à pegada que diz-"diz que estou vivendo".Amor se faz com calma e mãos fortes.
Sigo as emoções,é o pecado que não sinto,trago à flor da pele o papel forte do amor na verdade que arrepia quando não se contem.Aflora,sempre, do meu íntimo esta moça rebelde e entende de escrever a vida como bem entende,surge em intensidade sensual e mística.Toda viagem uma lição de vida.-Tudo é breve neste meu estilo enfático.O sentimento de estar junto e separada.Tenho muito a dizer mas nem sempre a quem dizer.Silêncios e subentendidos.ele evita falar,penso que é para não fazer perguntas.Meus artifícios,me protejo melhor porque digo a verdade.A estranheza do otimismo retardado me incomoda,esta tendência tudo bem,bem mentirosa.A vida é dura.Senão nem seria Querubim!...e ser mulher,então,buscando a leveza da alma e estar com tudo em cima no corpo sarado martiriza.Viola o direito básico de ser naturalmente feliz.Quanto truque,quanta armadilha sorrateira nas mulheres plasmadas a frio para mentir nos outdoors.A coragem é que acorda meus suspiros.Vivo à parte,no mundo da sensibilidade mas é dramático quando a insegurança bate à porta e me condena a abandonar as delirantes fantasias para sair com urgência e todos os dias em busca do dinheiro para manter o clima,a casa,o cão,a beleza,o espírito que se alimenta de música,arte,livros,aromas,sabores,viagens.A falta de dinheiro obriga-me a abandonar a delicadeza e voltar-me ao instinto.
_Quanto custa?

25 comentários:

Batom e poesias disse...

De volta em grande estilo!

Texto belísimo permeado de vários momentos fantásticos.

Um deles: "me protejo melhor porque digo a verdade".

Adorei
bjs
Rossana

Adolfo Payés disse...

Un gusto inmenso leerte.. con tu estilo muy hermoso..

Excelente.

Saludos fraternos
un abrazo con mucho cariño
Besos

Estela disse...

Olá sumida, que bom que voltou.
Texto cheio de emoções, emoções à flor da pele.
"Tempo lindo, aspecto de paraíso é este estar assim mordendo a pêra madura, macia, sem medo da tentação."

Obrigada pela visitinha, mas estou sentindo sua falta lá no "Faceirice". E tenho um novo blog que a convido a visitar também.
Bjs.

Isabella disse...

Olá Cristina!
Vim aqui para avisar que já estou aqui em Tatuí, e que adorei SuperPoke! Pets. =3
Beijos :*

VANUZA PANTALEÃO disse...

Amiga,
O pecado e os querubins convivendo numa prosa intensa...como gosto de tudo o que dizes!
Se me permitires, uma rosa plantarei para você em nosso jardim ainda hoje.
Obrigada mesmo pelas doces palavras!!!Bjsss

Clea Pinheiro disse...

Cris,
Você é uma das pessoas mais sensíveis que conheço e mais lúcida também. Gosto desse modo de ver-se a si mesmo na vida.
Abraços com carinho!

VANUZA PANTALEÃO disse...

Cris, querida!
O mérito é todo seu e da sua Sensibilidade.
Beijinhos!!!

lili laranjo disse...

para ti um beijo e...Poesia


ARTE



Poesia…Arte….Pintura…
Os meus amores…
Um triangulo que me faz feliz…
E com eles me sinto bem
Pois aqui…esqueço-me do mundo…

Aqui… neste recanto…
Entre paleta, tintas e pincéis…
Vou pincelando e vou pintando…
E vou desenhando o teu rosto…

Rosto cansado, mas amado…
Que está retido no meu pensamento,
E pincelando e pintando…
Vou-te imaginando e amando…

E o Artista desenha e pinta…
E sente loucura…de poder pintar e desenhar,,,
E sentir lado a lado… a Arte e o Amor!...


Lili Laranjo

Dalton França disse...

Custa nada chegar aqui, ouvir músicas boas, aprender um pouco mais e deliciar-se com imagens plasticamente belas, minha amiga Cristina. É um prazer!
Grato pela visita e pelas gentis observações.
Um grande abraço!

Isabella disse...

Olá Cristina!
Recebi seu recado e estou muito feliz e ao mesmo tempo nervosa, pois nunca fui entrevistada! Você me ensina?
Vamos marcar um encontro para nos conhecer?!?
Contate-me pelo e-mail bellinhapvh@hotmail.com. Aguardo sua resposta! Bjus
Isabella

Marcos Dhotta disse...

Tava sumido nããããão...(RS!) Estou apenas de Férias. E viajei solto, sem amarras... Livre para voar de braços abertos! Mas logo,logo estarei aterrizando. Confesso que não resisti ao teu carinhoso recado e vim dá uma espiadinha por cá... E Q U E M A R A V I L H A D E P O S T A G E M!!! E o bom de tudo: NÂO ME CUSTOU NADA!!! apenas acrescentou... Um beijo enorme!

PS: Não estou conseguindo comentar nada no BLOG DA SACERDOTISA... Que houve?

b disse...

"Protejo-me melhor porque digo a verdade"

Saiba. Isto não tem preço não.

O Profeta disse...

Uma paixão desapaixonada
Uma razão desencontrada
Uma palavra vazia de sentido
Uma inquietação gerada do nada

A calmaria é o fim da tempestade
Ou será o princípio da tormenta?!
As velas recolhem o vento
Minha alma acolhe o que o coração inventa



Bom fim de semana



Doce beijo

ricardo emilio bianco disse...

gracias por tu visita y comentario, has sido muy amable en tus conceptos. volveré con más tiempo a leer tus escritos, el portugues me lleva un tiempo.

VANUZA PANTALEÃO disse...

Oi, Cris!
Passando para lhe desejar um lindo final de semana e também para informá-la que troquei aquela rosa por um ramo de rosas cor-de-rosa, mais exuberante, tanto quanto o seu intelecto.
Beijos!!!

Flavio Ferrari disse...

Se custar a alma, não vale a pena ...

Barbara disse...

RECADO IMPORTANTE NO BLOG
POR FAVOR REPASSE

O Profeta disse...

Haverá?! Há sempre uma deusa perdida
Nos labirintos da contradição
Há sempre alguém que usa a palavra amor
Soprando doce veneno ao coração
Há sempre alguém que nos diz coisas tontas
Há sempre alguém que afugenta a Saudade
Há sempre alguém que nos marca a ferro frio
Há sempre uma alma ausente da verdade

Boa semana


Doce beijo

Isabella disse...

Olá Cris...
Adorei seus comentários em meu blog =)
Obrigada, vc é realmente muito especial!!
Estou lendo o livro Querida Querubim... fantástico!!
Vou te dar uma dica:
Coloque o link de cada Capítulo- vai ficar mais fácil e legal :P
Beijokas :*
Bellinha

©tossan disse...

Vc escreve do jeito bom de se ler. Gostei muito do texto. Beijo

VANUZA PANTALEÃO disse...

Querida Cris, amada pelos querubins, vim desejar-lhe um lindo final de semana!!!Bjsss

VANUZA PANTALEÃO disse...

Tu és um Anjo, Cristina, acredite!
Deus abençoe todos os dias da sua existência!
Só espero continuar desfrutando da sua Amizade!!!Bjsss

J. Araújo disse...

Passando pra desejar um ótimo final de smana.

Bjão

Oliver Pickwick disse...

Crônica deliciosa de um instante saboroso. Mas, não se perca da delicadeza, faça de conta que o "quanto custa" é um acorde natural. Sabe que nas harmonias de dissonantes sempre é possível, e até necessário, encaixar um acorde natural.
"Hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás."
Um beijo

Léo Metallica disse...

Quanto custa?

Já no título eu reparei que a vida da moça Querubim não é fácil. Mas ela reconhece isso e sabe lidar com isso. Quem está de fora pensa... Nossa... não dá para ser feliz o tempo todo, ninguém consegue? Mas a Querubim harmoniza as duas coisas muito bem. Ainda que em seus momentos de tristeza arranca-se num momento de poesia e trancada em uma folha de papel e caneta em punho faz de sua mente poderosa uma arma que a tira de todos os sufocos ao qual sua mente passa. Ela é humana, mas sabe lutar contra as adversidades.

Portanto... Quanto custa? Não importa... importa mas é... Tô pagando bem ou tô pagando mal? Não importa. Se pagou é porque gostou. E se não gostou, pagou para experimentar.

Direto do Rio. Tõ chegaaaaaaaaando.
Beijos moça escritora.