quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Querida Querubim--Brasileira,esperei sempre sem esperar

Venus de les cadires-M.Paumarch-www.llibertatatrebill.blogspot.com

-->
Poeminha de um minuto
Tentei ser outra
menos aquela que comete versos
tentei ser menos lua
olhar parado
tempo frouxo
vida andante
entusiasmo no pote ardente

Tentei de tudo
mas não deu
sou inconstante
de tudo a festa
a alma nua
o corpo solto
Livre a mente
Sou outro tipo de gente



Nevoeiro de ilusões,com luz amarela dissipo as brumas das espectativas encantadas.No ponto de passagem pela vida em que me encontro hoje,tudo é permitido,o oásis que criei não é miragem e existe acima das proibições inúteis que impedem o corpo e o espírito de se soltar.Liberto a luz confinada em meu coração com lágrimas verdadeiras,risadas gostosas,suspiros saudosos,paixões explícitas,buscas óbvias que servem ao magnetismo da maturidade.Tempo de um deixa estar conclusivo.Atravesso noites e dias com a mente aberta disposta a vivenciar de maior enlevo espiritual,dimensão natural que desejo com apetite como a comida que me serve. Falo de música,poesia,bons livros,filmes,arte surpreendente,pessoas interessantes,beleza,harmonia.
O fazer com gosto é o fato de importância que acontece agora.Brasileira esperei sempre , sem esperar pela segurança que nunca veio,pelo previsível que não há.Nunca me foi possível saber com antecedência do resultado concreto dos meus projetos.A vida exigiu de mim coragem e peito aberto,fé.Apostei sempre no inusitado,no nem sempre provável ,e,eu sózinha também sou bloco.Arrisquei no fazer com gosto ,a realização sempre à frente da gratificação material.E por obra e graça do destino a vida me sustentou assim .Consegui mais que os alfinetes ,as vaidades e a casa estruturada em lar Tenho por patrimônio o tempo,o conforto,amizades feitas em décadas longas e dedicação.Valeu a pena,acredito.Descubro então que sou uma ONG,uma Fundação sem fins lucrativos.
Sem corruptelas e contradições pago o preço da liberdade.Faço biscates de luxo aqui e ali,artista múltipla habituada a conviver com a sorte.Exercito a escolha,nem sempre acertada,nem sempre a melhor mas a que o momento pede.Sou atrevida e nem sempre ando por terrenos seguros.Sempre na corda bamba.Um espetáculo imagino que bonito de apreciar dado o público fiel que me acompanha mesmo sendo eu uma escritora intimista
sem uma bandeira forte que me projete no mundo para fluir com mais facilidade.
Mas é assim que me faço com os tons do instinto,divino e humano em sintonia com vibrações semelhantes que vou atraindo pelo caminho.Neste espaço transparente onde revelo sentimentos,emoções,sensações da pele,vulnerabilidades,incoerência,flutuações me basto.Sou fiel a trilha estreita que me foi confiada pela vida,crio assim um vácuo seguido pelos ardorosos que vêm em mim a parceria possivel de amor e libertação.Arrisco em atalhos e quebradas insuspeitáveis.Desafio a lógica e o bom senso porque o que me leva a despeito de tudo e de todos é essa inquietude,esta intuição sussurrante em meus ouvidos,as frases que vão se formando ,me tomando e me movimentando.
Sou uma estrela capturada em uma redoma de tela virtual.De luz intensa vivo me auto consumindo em fogo.O brilho depois se torna em cinzas congeladas,ressurge em tímidas fagulhas e se recria sem falsificações.E quanto mais me vejo mais enigmática me torno.Avanço porque há muito a se fazer neste caminho de vazios.Sou uma promessa de acontecer confinada em artifícios da blogosfera.Guardada no armário como se fosse traje comum
,eu e meu visual cenográfico,meu figurino de estrela,minha bagagem de letras e sentidos.
Existem lugares no mundo que posso dizer,lá é lindo!Existem pessoas em mim que me tornam maior,bonita melhor.Existem espaços amplos e ôcos para preencher com ar livre e arte.
Existe palpitação por fatos legítimos,almas sinceras e límpidas verdades.Existe e tenho certeza um homem que busca por mim na louca corredeira do destino.
Existem lugares de paisagem linda,pessoas generosas,almas bondosas que me cercam em abraço abençoado.
Existem seres de mergulho que me cativam pelo conhecimento.
Sou só,descontolada e viva,senhora de mim em um leilão fictício a espera de lances que me levem a bater o martelo.Uma obra aberta,um trabalho sem fim.Canelas finas em frágil estrutura,de imagem difusa,ficção em sonâmbulos cenários escancarado a vida ,para poucos que veem.
-Onde a salvação extrema?
-Onde?
Se entendo por salvação extrema o animo ,a energia,a paz dinâmica,a criação e a dignidade humana que o dinheiro confere.
Tamanho da fonte



34 comentários:

Léo Metallica disse...

Me parece que a Querida Querubim acha que viveu de tudo e está perplexa e perdida com a gama de conhecimentos que assimila sobre ela e sobre as pessoas ao redor.

Me parece que ela está um tanto quanto confusa, quanto ao seu direcionamento, tanto material, quanto espiritual, mas ela não se permite admitir tal erro em sua jornada.

Precisará ela de ajuda para encontrar o caminho? quem sabe o homem...

"Existe e tenho certeza um homem que busca por mim na louca corredeira do destino."

Será ele atrás da Querubim? O cato atrás do rato ou o rato atrás do gato?

Perdão se minhas interpretações estiverem errôneas ou até mesmo arrogantes.

Direto do Rio.
Beijos.

odith adikusuma disse...

Hello Cris,

Thank you for stopping in my blog. Sorry my portuegese is not good enough. But I do hope that you are doing well.. GBU too..

best regards from Indonesia
OA

AFRICA EM POESIA disse...

Cristina
Se quizessemos num minuto abraçavamos o mundo.


Um beijo e vou passar por aqui...pois gostei muito

Cristiana Fonseca disse...

Olá Cristina,
Mais uma parte de Querubim, divina como sempre.
Mas agora um tanto diferente, mas envolta de tua propria beleza e tenuidade.
Beijos,
Cris

Estela disse...

Oí Cris,
Sem comentários! só sei que sou um desses seus seguidores...

"Descubro então que sou uma ONG, uma Fundação sem fins lucrativos.

Sou fiel à trilha estreita que me foi confiada pela vida, crio assim um vácuo seguido pelos ardorosos que vêm em mim a parceria possível de amor e libertação."

Perfeito! Ilustraria com aquela formação em V, de pássaros migrantes.

Bonita a arte de M.Paumarch - bem escolhida para o tema.
Bjs.

antonior disse...

Cristina,

Em nós vivem todos os paradoxos do mundo. Os que percebemos e os outros. Um deles confronta a sede de liberdade com a necessidade de ter raízes. Outro é que os paradoxos em nós só podem ser resolvidos quando deixarmos de os tentar resolver.

Gostei da escrita transparente e enérgica.

Até breve.

P.S. - Coloquei uma resposta ao seu último comentário no "Canto da Fénix"

tertulías disse...

MInha linda,
voce nao imagina o bem que me faz. voce é rainha entre suas palavras. honesta e além de tudo INSPIRADORA!!!!!! Me sinto sempre mais leve depois de ter passado por aqui... Ricardo

Noslen ed azuos disse...

Oi mulher, este post esta cheio de informações, Salvador é genial eu viajo muito em suas obras e esta frase ' esperei sempre sem esperar' é um viver sem se encanar com nada, seguindo, seu poema (pérai vou ler de novo) 'livre a mente sou outro tipo de gente', é sua esta frese?, Muito boa e finalmente abriste suas inspirações ou pirações, mas sinceras é que vale.
É sempre um prazer te ver em meu blog,
Bjs

ns


ns

Maria disse...

Um ser quase perfeito...


Solicitei a sua atenção por email e pelo Skype. Não recebeu?


Se lhe sobra um pouco de tempo e como acredito que é alguém com disponibilidade para dar atenção e tempo a quem de si se abeire espero.


Tantos somos ONGS...


Abraço de peito aberto



BIA

Vanilda Fiuza disse...

Olá!!! Querida Cris.

O público fiel aplaude essa mulher atrevida. Neste espaço transparente, onde revela sentimentos emoções e sensações.
Fiel a trilha confiada pela vida, seguida pelos ardorosos que vêm nela a parceira possível de amor e libertação.
Desafia a lógica e o bom senso, porque segue a intuição que sussura nos seus ouvidos as frases que vão se formando. Sendo uma estrela capturada em uma redoma de tela virtual, avança neste caminho vazio de letras, espaços amplos e ôcos, para preencher com arte e limpidas verdades.
Senhora de si em um leilão fictício a espera de lances que à levem a bater o martelo.
Uma obra aberta, um trabalho sem fim.

Um grande abraço.

Osvaldo disse...

Cristina;

Esta bela "Crónica Pessoal e Personalizada", faz-me pensar que a Cristina atingiu um limite bem elevado de vivência onde adequiriu uma sabedoria elevada de mais para a média humana. Isso é bom porque consegue antecipar os limites futuristas.
Estes ensinamentos fizeram crer que a Cristina é uma ONG sem fins lucrativos, quando na verdade você tirou todos os dividendos com juros e correção da própria vidadvivida.

Poderia por aqui estar a decifrar "milhentas" avantagens que a Cristina tem sobre os outros, mas isso daria uma imensa enciclopédia...

Você é formidável, "minina".

bjs,
Osvaldo

Barbara disse...

ESTRELA QUERUBIN, EM ESSE TEU TEXTO, HÁ A PESSOA, A MULHER, A ARTISTA, A CIDADÃ, A BRASILEIRA.
CONFUNDINDO-SE EM ATRIBUTOS E DESTINO DE "ESTRELA CAPTURADA", ÀS CARACTERÍSTICAS DA PÁTRIA, DA MÃE GENTIL QUE JUNTO COM PESSOAS COMO VOCÊ, CRESCE EM SILÊNCIO, MANTENDO A DIGNIDADE NA REDOMA DE ESTRELA CAPTURADA.
INCONSCIENTE COLETIVO DO 7 DE SETEMBRO?
TALVEZ.
FORTE LER ISSO , QUERUBIM BRASILEIRA!

Vieira Calado disse...

Para ler o poeminha

e a prosazinha...

deixo beijinho

VANUZA PANTALEÃO disse...

Cris, minha querida!
Sinto-me sempre presenteada quando venho ler-te. Portanto, amiga, não tenha nenhum pejo de chamar-me para vir aqui, pois estou num processo de muitas exigências no mundo real e, se continuo na blogosfera, é de teimosa que sou. Queria percorrer cada polegada do seus espaços aqui e me quedar a apreciá-los sem pressa...apenas por gostar do seu arfar de asas, dado que és um querubim das mais elevadas potestades.
Tudo é leveza e flui, belíssima escritora e Pessoa Humana temos aqui!
"Se todos fossem iguais a você, que maravilha viver..." diria o Poetinha, se blogueiro fosse e, sabe-se lá, estaria ele a nos inspirar.
A Lei da sincronicidade é indiscutível mesmo, o Edu é um moço de uma capacidade infinita e um amigão.
Lua de mel? Sim, com a vida, minhas plantas e os pássaros que me despertam pela manhã...
Linda menina de cor-de-rosa, o novo post já está nascendo e vai parecer bem estranho, mas um anjo como você o entenderá, espero.
Luz e Paz nesse domingo nas terras de Tatuì!!!Bjsss

Batom e poesias disse...

Cristina não esta perdida...
Está mais que completa, infinita, intensa e muito bem localizada.
Quero roubar suas frases, suas fases, suas palavras.
Identifico-me com seu exercício de busca e (re)conhecimento.
Tanto a dizer, mas me contento a me derreter ao ler-te e me reconheço em muitos momentos. Talvez menos nesse teu otimismo onde sempre enxerga o melhor das pessoas generosas de almas bondosas que a cercam em abraço abençoado.
Porque você é merecedora.
beijos
Rossana

marcelo dalla disse...

Que coisa mais linda, querida. São versos pulsantes, um jorro de energia em forma de palavras, "entusiasmo no pote ardente"...
Mais vivo, impossível. Amei.
grande bjo do amigo
(obrigado pela visita e pelo convite, essa é uma das graças de blogar!!!)

Livinha disse...

"Livre a mente, ou outro tipo de gente"
São essas amarras que precede o vôo para nossa libertação... Eliminando-as, seguimos livres, como se fossemos outra pessoa, longe daquela que incorpora na gente diante dos desafios...

Lindo sentido do teus versos...
Parabéns!

Cristina, obrigada pela tua visita
em meu recanto e o convite a tua casa...
Gostei daqui, li os teus feitos e aproveito para ditar-te o parabéns por essa incrível jornada a que te predispõe... Desejei te seguir..

Feliz Domingo e Feriado
Bjss

cirandeira disse...

Oi Cris, gostei muito de receber tua visita e de teus comentários.
Andei passeando pelos teus "cantinhos" e fiquei meio impressionada com a multiplicidade de temas. Preciso de batante tempo para apreciá-los com mais calma. Voltarei em breve
Bom domingo e um ótimo feriado!
P.S.: tenho mais outro blog e terei muito prazer em receber tua visita -
http://giramundo-blogspot.com
Bjs

Filomena Barata disse...

Obrigada pela tua visita. Voltarei com calma para te ler.

Dalton França disse...

Poema que muito diz e tanto emociona em menos de sessenta segundos...
Parabéns, querida Cristina!
Um beijo!

Walkyria Suleiman disse...

Querida querubim, certamente sou sozinha também, mas estamos no mesmo bloco! Querida anja de asas indolentes, continua teu vôo, que pode parecer cego, mas que tem destino e certeza em casa sopro.
Você é mesmo outro tipo de gente!

Tété disse...

Cris,
Primeiro que tudo muito obrigada pela sua simpática visita.
Do outro lado do Atlântico, do país irmão, é bom receber tão fraternas palavras.
Quanto a si, a transparência de seus pensamentos e da sua vivência deixa com que fiquemos presos e nos faça voltar mais vezes. Um abraço

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Belo e fantástico texto amiga.
Uma boa semana para você.
beijossssssssss

Fred Matos disse...

Muito bom, Cristina.
Beijos

Léo Metallica disse...

Te linkei no meu Blog.

Direto do Rio.
Beijos.

Marta disse...

Tudo é possível se a mente estiver aberta, à escuta e desvendar os seus próprios segredos...
Texto muito sentido...
Obrigada pela visita...
Beijos e abraços
Marta

Cultura Malcriada - disse...

Oi Cris!

O seu texto, quase num tom confessional, muitas vezes nos faz refletir sobre as coisas do nosso próprio dia-a-dia. Como sempre, muito bom!!!

Bjão!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Cristina!
Vim retribuir-lhe a visita feita a um dos meus Blogs, o coletivo, em que publiquei o poema da Marta, que já aqui esteve. Gostei muito do seu poema e da intensidade da sua prosa. Algo se que assemelha com o que escrevo. Se quiser ver algo meu, em poesia:
http://blogrenataeuedai.blogspot.com/;
tenho um Blog sobre filmes, o que falo sobre texto em prosa para vc é um texto complementar que escrevi após a apreciação crítica do filme DE TANTO BATER MEU CORAÇÃO PAROU:
http://blogrenatasetimaarte.blogspot.com/
Será muito bem recebida em ambos.
O seu Blog é lindo, ambiente delicioso, onde se respira pura sinceridade e delicadeza.
Tenha um lindo dia!
Beijos,
Renata Maria

Fran carvalho disse...

Que coisa linda!!!
Obrigada pela visita!!!
Venha sempre!
bjo grande!

Mirse Maria disse...

Vim devolver a visita e fiquei encantada com seu espaÇO E O MARAVILHOSO POEMA, SEGUIDO DO TEXTO.

PARABÉNS!

ABRAÇOS

MIRSE

sueli aduan disse...

Que maravilha conhecer teu blog,quero poder ficar tempo, lendo com calma, saboreando cada verso, cada texto e, beber dessa fonte.
Parabéns querida!

Estela disse...

Parabéns Cristina,
Felicidades sempre...
Tem um cartão para você lá no "Poesia nunca é demais", passa lá e pegue-o. Bjs.

M.PAUMARCH disse...

Cristina, gràcies per haver posat una obra meva al teu bloc i haver-li dedicat un petit poema. Perdona, fins avui no me n'havia adonat... una mica tard. Estic molt concentrat el la pintura i gairebé no entro als blocs.
Bonic poema.
Salvador

Marcelo Novaes disse...

Cris,




És lua.
E, do céu,
derramada.







Beijos,












Marcelo.