quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Querida Querubim- Amar é um estado solto da alma.

A prosa pronta para virar poesia.Palavras guardadas em arca,sentimentos incensados
Os atos em procissão,tudo se avoluma no passar dos dias.
O tempo da espera de um amor maior que a vida.
-Até onde o amor?
-Até onde o desejo?
-O que é querer para sempre?
-E o que toca o corpo e se desmancha na cama,na papa dos lençóis,na maquiagem escorrida,nos beijos de lábios selvagens?
Impulso que trouxe escolhas,algumas insensatas,sempre apaixonadas,amores sucessivos.
-E quando ele volta?
-Ele que deu tanta importância ao medo.
-Não importa.
Amar é complicado
-O que fazer com tanto amor guardado?
Amado sossego,lugar de aquietar a alma e refletir.
Entoar versos que para mim significam.
Tempo de sobra para olhar a vida com olhos de ver lá dentro.
Completamente convertida pela natureza,usufruindo do passatempo de largar palavras que me fascinam.Adoro dizer bonito,dizer por dizer,dizer à toa.Dizer de forma provisória,depois arrumo o pensamento.
Diluída nas marés cíclicas falo cantando a inteireza do meu ser,a entrega deste desmanchar-me.Puxando o fio passo em revista o passado em tons chamativos celebrando com vinho e champanhe momentos envolventes de um acervo romântico que se desprende da memória.
Nada afetou drasticamente a minha alma.A paixão que cultivo é minha saúde e sobrevive a ação do tempo.Enxergo em mim o futuro da vida em luzinhas coloridas.
Ser intensa,presente em tudo que faço é o estilo que me acompanha vida afora.Vida afora.
Não há tesouro maior que o amor.
E o que me leva é a gratidão com que devolvo o ser amado ao próprio espaço,liberto para viver suas escolhas,confiante de suas verdades,seus códigos,seus princípios.Pronto para seguir viagem
para ser o que quer escrever para si.
Amar é um estado solto da alma.É riscar a vida no chão de areia com entusiasmo.
Não se tem um amor.Se é o amor.
O amor pode estar em qualquer canto que não seja um canto qualquer,é um estado forte do espírito.Um voo alto que alcança imagens queridas saídas do horizonte azul.Azul é pano de fundo para cenas que não se pode esquecer,atitudes que fizeram do viver um estar gostoso.
O compromisso amoroso é legitimo de ser enquanto se é.

3 comentários:

* Mi * disse...

Querida Cris,você conseguiu!!!!É esse o amor que eu sinto.Adorei!!Lindo!!!Beijão,Mi.

UIFPW08 disse...

O amor pode estar em qualquer canto que não seja um canto qualquer,é um estado forte do espírito.Um voo alto que alcança imagens queridas saídas do horizonte azul.Azul é pano de fundo para cenas que não se pode esquecer,atitudes que fizeram do viver um estar gostoso.
O compromisso amoroso é legitimo de ser enquanto se é.
buono davvero buono complimenti Morris

Léo disse...

Aqui nesta parte Querubim nos faz um convite a experimentar o amor libertino e solto que a permeia. Ela quer que todos vivencie do prazer que ela entende por amar.

Direto do Rio.
Um abraço.