domingo, 16 de novembro de 2008

Querida Querubim-Olhos quase cerrados de gozo.Ela é linda!

Ela vive uma sensualidade iluminada,o sexo pulsa em vitalidade contente.Ri quando o prazer a toma completamente.Riso dos grandes e pequenos lábios,da boca linda em seus dentes brancos sorridentes.Sexo para ela são instantes de eternidade,revelação da divindade que a conduz a Deus que a criou mulher.Ela brilha !
Só pode ter uma ordem a governar o mundo,a da delicadeza.Neste instante supremo ela é assim
a mais querida,a fantástica doadora de vida,sensível ao extremo da pele arrepiada em sua penugem clara.Ela é doce e se abre em sorrisos doadores.
Neste momento nada é avesso a naturalidade do sentir do corpo, da pele se abrindo em cor da intimidade ,flor desvelada aos poucos,no mistério lento do acordar lascivo,uma ordem da entrega sutil da alma.Um fio a correr prateado da corredeira das entranhas vivas.
Semeia nuvens,é sol e lua,colhe estrelas, é o silêncio das noites,o vai e vem dolente da música que a invade em sensações.
A soma destes instantes que duram menos que ela,a brevidade do êxtase que a mantém acesa para todos os dias seguintes nas noites ficantes onde em fuga de si encontra no outro a posse do desejo que vaga.O amor sozinho trama o namoramento possível daquele minusculíssimo momento em que quer,ama e morre submissa ao poder que dela transcende e a torna una,amante,amada.
Olhos quase cerrados de gozo.Ela é linda! Seu chão ,suas águas,seu perfume,seu sabor,os lábios a queimar em beijos.
Os pés olhando para o teto daquele quarto onde as estrelas que brilham são artificiais e douradas.
Esse amor tão de pertinho que se expressa com carinho, é junto,aquece o que se perderia no estio,brota ganhando o ar em suspiros.
Noite pequena que vela em penumbra a terna intimidade,o despudor de inocentes corpos nus adormecidos.Os amantes coados na claridade da lua que entra mansamente pela janela aberta.
Em suas vidas é aurora.
A manhã se abre na água que corre na pia do banheiro,clorofila para a boca fresca.
O ritmo do dia se anuncia mole,o olhar entorpecido se busca no espelho frio.
Então ela se pergunta:-Será que sou gostosa?
Pergunta teimosa que a penitencia desde que o primeiro namorado se deliciava ao ver as mulheres nuas da revista playboy .O sangue fresco pulsa,o coração pede resposta.
-Gostosa...gostosa...é quem faz amor com gosto,se explica.
Ela não sabe que sua risada é gostosa.Não sabe dos encantos de sua fala com seus acentos sussurrantes e espertos.Sua folia que amansa e faz perdurar a força desperta no ritmo
do amante unido a si..Ela não sabe da vibração que palpita em sua carne.
Feliz volta a vida que a circunda.Fêmea traz em si algo que arde e acende o dia com sua alegria.
E ri só.

4 comentários:

Víctor Zazuela disse...

Oi Cristina,
antes de tudo quero agradecer muito sua visita e comentário em meu Blog.
O seu é puro carinho. Adorei de verdade.
Se quiser parceria avise-me, ok!

bjs
Víctor Zazuela

saov disse...

ola cristina, lindo blog
deixe que me identifique:
a alguns anos vc abriu o tarot pra mim, me chamo sidnei oliveira, de tatuí.
nao sei pq, mas neste momento senti um impulso em te contactar.
nao sei tbm, se vc se lembra de mim.
enfim, se estiver em tatuí, ou mesmo se nao, deixo meu e-mail para contato -
saov3000@yahoo.com.br
espero nos re-contactarmos e como sempre trocar experiencias.
bjssss

UIFPW08 disse...

Oi Cris, para ver a esses sentimentos, embora legítima e sincera convicção de que o prazer em conhecê-lo ir mais longe, talvez pela simpatia, talvez para o profissionalismo, talvez porque tanto amo a vida, a bela música, um bom livro .. Estou feliz em ter te conhecido, acredito no coração.

Morris

Léo disse...

UAU. Pausa... Respira...

Vamos aos comentários:

Enfim a Moça Querubim nos pôs em sua cama, e fez a nós vivenciar uma noite de jubilo e ecstase supremo. Fez sexo com todos nós leitores da trama e nos fez sentir-se bem excitados a ponto de estarmos vivenciando uma realidade a partir de uma ficção. Um momento de utopia planejada e bem executada.

No final ela nos mostra sua humanidade ao questionar sua beleza e desconhecer seu próprio carisma. Uma mulher como todas as outras. Tão forte e vivaz em ações quanto em sentimentos.

Um exemplo para as demais mulheres.

Desde que eu venho lendo a trama no início essa foi a parte mais intensa da moça Querubim.

Beijão moça poetisa.